fbpx

Causas de mau odor nos cães

Muitas pessoas que dividem o lar com um cão tem uma ideia genérica que o cachorro, por definição, tem um odor corporal que inevitavelmente altera o cheiro da casa. Se você é uma dessas pessoas, boa notícia!, porque não precisa ser assim.

Apesar de cães poderem cheirar bem mal em casos específicos – como quando estão molhados da chuva, ou se esfregaram no chão da rua ou parque –, um cão que exala mau cheiro frequentemente não é normal, não deve ser ignorado, e sua causa precisa ser conhecida:

Inflamação das glândulas

Todos os cães (e gatos) têm duas glândulas localizadas nas laterais do ânus, cuja função é secretar uma substância, junto às fezes, que serve como sinal olfatório para outros animais. Essa substância tem um odor bem forte e desagradável. Um sinal que o animal talvez esteja com inflamação das glândulas é ficar esfregando o bumbum no chão, na intenção de aliviar a pressão que sente no ânus. Encaminhe-o ao veterinário.

Gases

Um punzinho de vez em quando é completamente normal para um cão, mas se o problema persiste com frequência, é hora de averiguar. Se estiver eliminada a hipótese da presença de parasitas, devemos checar a comida que damos ao cão. Uma alimentação equilibrada com ração de qualidade é essencial. É comum ouvir de tutores, que já haviam se conformado com os gases de seu cão, surpreender-se com a troca por um alimento de qualidade que faz desaparecer o problema.

Má alimentação

A nutrição afeta cada centímetro do corpo, um cão que não recebe alimentação adequada terá problemas nos pelos, na pele, na formação das fezes e certamente no odor corporal. Converse com seu veterinário, peça orientações e recomendações sobre a alimentação do seu cachorro; você oferecerá mais qualidade de vida ao animal e, em troca, solucionará o problema do mau cheiro.

Problemas nas orelhas

O acúmulo de cera nos ouvidos, ácaros ou infecções causam forte odor nos cães. É recomendado limpar as orelhas do animal frequentemente, e atentar-se se ele chacoalha a cabeça mais que o normal. Se sim, é o caso de encaminhar o cão ao veterinário.

Mau hálito

Assim como nas pessoas, a falta de higiene bucal traz problemas como mau hálito. Porém, se o cão não apresentar acúmulo de tártaro na boca, o problema é provavelmente gastrointestinal.

Viu como o mau cheiro pode ter várias origens? É dever do tutor estar atento às necessidades e sinais do cachorro, pois mesmo problemas que parecem insolucionáveis podem ser resolvidos. É importante descobrir a causa do problema e remediá-lo o quanto antes.

Se seu cão está saudável, feliz mas fedidinho, um bom banho com shampoo Tira-Odor Vet+20 elimina o mau odor e deixa o cachorro cheiroso, com uma fragrância suave e refrescante pelo dobro do tempo. Tira-Odor não arde os olhos, e possui queratina que hidrata, amacia e dá brilho à pelagem do animal.

Para higiene completa, conheça também o Banho a Seco Vet+20, que proporciona limpeza e higiene sem usar água; e o Tira-Odor Orelhas, que remove impurezas e pelos soltos das orelhas de cães e gatos, eliminando os maus odores e a coceira que tanto incomoda os animais.

No Comments

O que você achou?