fbpx
Oferecendo chocolate a cachorro

Cachorro não come chocolate!

Chegou mais uma Páscoa e com ela chocolate por todo canto. Apesar de ser uma delícia – e tudo que é gostoso a gente quer compartilhar com nosso companheiro patudo –, chocolate está terminantemente proibido para os cães! Entenda:

O chocolate tem em sua composição uma substância chamada teobromina, proveniente do cacau. Assim como a cafeína, ao ser ingerida a teobromina é absorvida rapidamente e age no sistema nervoso centrar e no coração. A teobromina provoca um intenso aumento no trabalho muscular cardíaco, causado pelo estímulo do cérebro, ocasionando arritmias cardíacas graves nos cachorros.

Por causa de sua poderosa ação estimulante, basta uma pequena quantidade de chocolate (e portanto, de teobromina) para causar problemas ao cão. Geralmente, os efeitos da intoxicação são percebidos de 6 a 12 horas após a ingestão do chocolate, e podem incluir vômito, diarreia, dilatação abdominal e agitação. Os sintomas podem evoluir para hiperatividade, aumento no volume de xixi, ataxia, tremores e estado de apreensão. Os casos mais graves apresentam aumento na frequência dos batimentos cardíacos, aumento da frequência respiratória, azulamento das mucosas, hipertensão, aumento da temperatura do corpo e que podem levar ao coma e morte.

O tratamento é difícil mesmo quando os sintomas são percebidos no início da intoxicação. Evite que seu cão coma chocolate. Se flagrar o animal beliscando um pedaço e não puder evitar, leve-o imediatamente ao veterinário.

No Comments

O que você achou?